A CREATINA DE CAVALO FUNCIONA EM HUMANOS?

creatina cavalo alivet

Para começar convém dizer que a creatina pura e a creatina de cavalo é a mesma. A diferença reside essencialmente nos aditivos que a cretina leva antes da venda e para a tornarem um suplemento muscular mais completo.

A creatina para cavalo é uma forma de creatina clinicamente criada para ser administrada a cavalos. O problema em tomar creatina de cavalo pode acontecer se a creatina de cavalo que tomar for formada por compostos não aconselháveis a consumo humano. Há quem defenda que a creatina para cavalo provoca problemas nos rins. Por outro lado também há quem diga que os rins dos cavalos são mais sensíveis que os dos humanos por isso essa creatina seria até mais segura que a creatina pura. Os eventuais problemas que se possam ter pelo consumo de creatina de cavalo, quando comparada com o consumo de cretina pura para humanos, são relacionados com a própria composição da creatina. Apesar da creatina ser exactamente a mesma, os seus compostos podem ser outros. E os humanos e animais têm reacções diferentes a compostos diferentes, é daí que pode surgir o perigo.

Em relação ao fabrico de creatina de cavalo ele é totalmente seguro. Se a creatina para cavalo for fabricada num local legalmente habilitado a isso o seu fabrico será tão seguro como o de creatina para humanos.creatina cavalo ourophos

Não é um facto provado que a creatina para cavalo faça mal à sua saúde. Você pode tomar creatina de cavalo toda a vida e não ter problema nenhum como pode também ter alergia ou má reacção a algum composto dessa creatina e ter a vir algum problema de rins ou outro.

Devida conscientemente que creatina tomar e como tomar. A creatina para cavalo não é no entanto melhor para humanos do que a creatina pura monohidratada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>